- PUBLICIDADE -

Bolsonaro tem 15 dias para pagar honorários de processo contra Wyllys

Bolsonaro pede para STF desarquivar ação contra Jean Wyllys

Bolsonaro apresentou uma ação cobrando indenização de R$ 20 mil pelas críticas feitas por Wyllys.

- PUBLICIDADE -

O presidente da República, Jair Bolsonaro, foi condenado a pagar as custas processuais e os honorários advocatícios relativos a um processo que propôs em 2017 contra o então deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ). 

Bolsonaro apresentou uma ação cobrando indenização de R$ 20 mil pelas críticas feitas por Wyllys. 

Numa entrevista ao jornal O Povo, publicada em 11 de agosto daquele ano, Wyllys classificou o então colega como “fascista”, “desonesto”, “responsável por lavagem de dinheiro e caixa 2”, “burro”, “ignorante”, “desqualificado”, “racista”, “corrupto”, “canalha”, “nepotista” e “boquirroto”.

Wyllys alegou que estava protegido pela imunidade parlamentar. 

Em decisão de fevereiro de 2019, a Justiça do Rio de Janeiro deu razão ao psolista, condenando Bolsonaro ao pagamento de custas e honorários. 

Foi apresentado recurso, mas na última sexta-feira (7) a Justiça emitiu nova decisão determinando que o presidente pague o valor devido — cerca de R$ 2.500 — no prazo de até 15 dias, a partir da notificação, sob pena de multa de 10%, destaca o portal UOL.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -