Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro diz que tiros em ônibus partiram dos próprios petistas

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

O deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ), pré-candidato à Presidência, negou que tenha incentivado ataques à caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sugeriu que os tiros que atingiram dois ônibus da comitiva teriam partido dos próprios petistas.

Bolsonaro declarou no fim da quarta-feira (28) em Ponta Grossa (PR):

É tudo mentira. Está na cara que alguém deles deu os tiros. A perícia deverá ficar pronta entre hoje (28) e amanhã (29) e vai apontar a verdade.

Não foi a única menção do presidenciável do PSL ao episódio. Pela manhã, logo depois de desembarcar no aeroporto de Curitiba, Bolsonaro já havia ironizado os ataques:

Lula quis transformar o Brasil num galinheiro, agora está por aí colhendo ovos por onde passa.

O deputado federal também disse estar pensando entrar com processo contra o Partido dos Trabalhadores (PT) por acusações infundadas contra sua pessoa.

Com informações de: [EM]

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email