Português   English   Español
Português   English   Español

Bolsonaro vai indicar ministro ‘terrivelmente evangélico’ ao STF

Bolsonaro vai indicar ministro 'terrivelmente evangélico' ao STF
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Bolsonaro afirmou que, apesar das críticas que recebe, a bancada evangélica tem um “superávit enorme junto à sociedade”.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que terá direito a indicar dois ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e que “um deles será terrivelmente evangélico”.

O chefe do Executivo deu a declaração, na manhã desta quarta-feira (10), durante culto evangélico na Câmara dos Deputados.

Em discurso aos presentes, segundo o site G1, Bolsonaro declarou:

“Muitos tentam nos deixar de lado dizendo que o estado é laico. O estado é laico, mas nós somos cristãos. Ou para plagiar a minha querida Damares: Nós somos terrivelmente cristãos. E esse espírito deve estar presente em todos os poderes. Por isso, o meu compromisso: poderei indicar dois ministros para o Supremo Tribunal Federal. Um deles será terrivelmente evangélico.”

Bolsonaro é católico, mas a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, é evangélica.

Em maio, durante evento da Assembleia de Deus Ministério Madureira, em Goiânia, Bolsonaro indagou se não estaria na hora de ter um ministro evangélico no STF:

“Com todo respeito ao Supremo Tribunal Federal, eu pergunto: existe algum, entre os 11 ministros do Supremo, evangélico? Cristão assumido? Não me venha a imprensa dizer que eu quero misturar a Justiça com religião. Todos nós temos uma religião ou não temos. E respeitamos, um tem que respeitar o outro. Será que não está na hora de termos um ministro no Supremo Tribunal Federal evangélico?”

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!