Português   English   Español

Bolsonaro vai propor reforma da urna eletrônica ao Congresso

Bolsonaro vai propor reforma da urna eletrônica ao Congresso

O candidato do PSL ao Planalto, Jair Bolsonaro, afirmou neste sábado (13) que, se eleito, vai propor ao Congresso uma reforma na urna eletrônica, pois considera o processo eleitoral suscetível a fraudes.

Bolsonaro diz que a ideia é aproveitar os equipamentos que a Justiça eleitoral já dispõe e aplicar uma tecnologia que permita a comprovação do voto por meio impresso.

O objetivo seria garantir a oportunidade de realizar uma auditoria do pleito eleitoral.

O candidato do PSL declarou:

Você vai mudar a forma… Nós podemos mudar tudo, até a Constituição, né? Não vai ser a urna eletrônica que não vai ser mudada. O Supremo decidiu que o voto impresso não cabe. Tudo bem. Agora uma nova urna eletrônica mesmo, mas com poderes de ser auferida, isso nós vamos propor, sim.

Jair Bolsonaro disse que a medida que remodelaria a urna eletrônica deve ser apresentada em 2020, com o intuito de estabelecer um “critério de votação mais confiável”.

O militar detalhou:

Você pode continuar com o voto impresso lá dela. Mas a nossa proposta, que tem no papel e depende do Parlamento, é uma forma tranquila de votar. Você aproveita essas urnas, o voto eletrônico, mas você tem rapidamente como comprovar com o voto de papel do lado o resultado das eleições.

 

Adaptado da fonte UOL

Deixe seu comentário

Veja também...