Bolsonaro vai retirar Brasil do pacto migratório da ONU

Idiomas:

Português   English   Español
Bolsonaro vai retirar Brasil do pacto migratório da ONU
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Bolsonaro reiterou sua intenção de revogar a adesão do Brasil ao Pacto Global Sobre Migrações das Nações Unidas. EUA, Israel, Itália, Chile e mais algumas nações já abandonaram o acordo.


O presidente da República, Jair Bolsonaro, fez a declaração durante encontro com o chanceler norte-americano, Mike Pompeo, informa a agência “ANSA“.

O pacto global da ONU foi aprovado em dezembro, mas países como Chile, Itália e Israel se retiraram do acordo. Os Estados Unidos se opuseram à ideia desde o início.

Durante a reunião, Pompeo afirmou o desejo de estreitar relações entre os dois países.

A Venezuela também foi tema do encontro. Crítico ferrenho da ditadura de Nicolás Maduro, Bolsonaro se mostrou preocupado com a situação no país vizinho e se comprometeu com a estabilidade da América do Sul.

Já Pompeo pediu a Bolsonaro uma “cooperação ativa” na solução das questões envolvendo a Venezuela, registra a agência “EBC“.

Em encontro mais cedo com o novo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, o chanceler norte-americano também atacou os regimes autoritários de Cuba, Nicarágua e Venezuela, conforme noticiou a RENOVA.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...