Bolsonaro vai tornar públicos atos e contratos que estão sob sigilo

Português   English   Español
Bolsonaro vai tornar públicos atos e contratos que estão sob sigilo
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

“Não podemos admitir qualquer cláusula de confidencialidade pretérita”, diz Bolsonaro.

Em uma cerimônia no Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (7) que não admitirá nenhuma “cláusula de confidencialidade pretérita” no governo dele.

O presidente do Brasil destacou que pretende dar publicidade a atos e contratos de gestões anteriores.

Durante a cerimônia de pessoa dos presidentes dos três principais bancos públicos brasileiros, Bolsonaro discursou:

Transparência acima de tudo. Todos nossos atos terão de ser abertos ao público, e o que ocorreu no passado também. Não podemos admitir que, em qualquer uma dessas instituições, tenha qualquer cláusula de confidencialidade pretérita.

O capitão reformado do Exército garantiu que não haverá perseguição a gestores de governos passados na gestão dele, mas, segundo o “G1“, alertou:

Aqueles que foram a essas instituições [bancos públicos] por serem amigos do rei buscar privilégios, ninguém vai perseguí-los, mas esses atos, essas ações, esses contratos tornar-se-ão públicos.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...