- PUBLICIDADE -

Bolsonaro volta a defender acordo entre Mercosul e UE

Brasil vai aportar R$ 12 milhões em fundo do Mercosul, diz Bolsonaro

O acordo Mercosul-UE depende da ratificação de todos os países do bloco.

- PUBLICIDADE -

O presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a defender, nesta quarta-feira (19), a assinatura do acordo de livre-comércio entre Mercosul e União Europeia.

Depois de receber as credenciais do novo embaixador da Alemanha no Brasil, Heiko Thoms, Bolsonaro declarou:

“Recebi as credenciais do embaixador da Alemanha. Reafirmamos nosso interesse de aprofundar a parceria econômica e de assinar o Acordo Mercosul-União Europeia.”

O chefe do Executivo ainda destacou que os embaixadores da Armênia, Arman Akopian, e da Argentina, Daniel Scioli, também apresentaram suas credenciais na manhã de hoje.

“O Brasil tem orgulho de seus fortes laços humanos com o povo armênio e da importante relação com nossos irmãos da Argentina.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -