Português   English   Español

Bolsonaro volta a ironizar narrativa de fake news do PT

Bolsonaro volta a ironizar narrativa de fake news do PT

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, disse mais uma vez que não precisa de notícias falsas para vencer Haddad no segundo turno das eleições.

“Mensalão, Petrolão; mais de 60 mil assassinatos e 50 mil estupros por ano; apoio às ditaduras venezuelana e cubana”, citou Bolsonaro como exemplos dos sérios erros cometidos pelo PT ao longo dos anos em que passou no poder.

A mensagem foi publicada nesta sexta-feira (19) no perfil oficial no Twitter do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

“Ex-presidente, tesoureiros, ministros, parlamentares, marketeiros, presos e investigados por corrupção… quem precisa de Fake News quando se tem esses fatos?”, finalizou o capitão reformado do Exército.

A mensagem de Bolsonaro é uma réplica ao suposto esquema de impulsionamento de mensagens no aplicativo WhatsApp por empresários apoiadores do presidenciável do PSL.

Na quinta-feira (18), o candidato Fernando Haddad (PT) entrou com uma ação na Justiça contra a candidatura de Bolsonaro utilizando a controversa reportagem da Folha como base.

Deixe seu comentário

Veja também...