Português   English   Español

Bolsonaro volta a negar disparos em massa no WhatsApp

Bolsonaro volta a negar disparos em massa no WhatsApp

Em entrevista concedida neste sábado (20), Bolsonaro afirmou “não ter nada a ver” com os disparos em massa de mensagens contra o PT no WhatsApp.

A reportagem da Folha de S. Paulo sobre um suposto esquema de impulsionamento de mensagens anti-PT no WhatsApp foi parar no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O presidenciável Fernando Haddad (PT) acusa seu adversário Jair Bolsonaro (PSL) de ser o responsável por uma “organização criminosa”.

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, disse que o capitão reformado do Exército atua no “subterrâneo da internet”.

Por outro lado, o presidente do PSL, Gustavo Bebianno, negou totalmente as acusações e disse que Haddad será processado.

Enquanto isso, em entrevista neste sábado (20), Bolsonaro voltou a negar qualquer participação no suposto esquema:

Eu não tenho nada a ver com isso (…). Eu não preciso de fake news arranjando dinheiro para jogar fora do Brasil. Dinheiro da onde? Eu não tenho esse tipo de contatos com bandidos. Quem tem é o PT.

 

Adaptado da fonte O Antagonista
Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Assine nossa newsletter...

Inscreva seu e-mail para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Fique tranquilo(a), assim como você, odiamos spam :) Você poderá remover seu e-mail a qualquer momento.

Deixe seu comentário...

Veja também...