Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro volta a rebater ofensiva internacional contra a Amazônia

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Bolsonaro volta a rebater ofensiva internacional contra a Amazônia
COMPARTILHE

“ONGs, artistas, ‘Raonis’ não mais influenciarão em nossa política externa”, disse Bolsonaro sobre a pressão internacional contra a Amazônia.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, neste sábado (6), que o “Brasil é uma virgem que todo tarado de fora quer”.

O chefe do Executivo conversou com jornalistas ao deixar o Palácio da Alvorada, em Brasília, no início da noite deste sábado (6), antes de dirigir-se ao Clube Naval para uma festa julina.

Bolsonaro citou conversas que teve com o presidente da França, Emmanuel Macron, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, durante participação na cúpula do G-20, em Osaka, no Japão.

Segundo o site Poder360, o presidente disse que convidou os dois mandatários a fazerem um voo de Boa Vista (RR) à Manaus (AM), e declarou:

“Se encontrar um hectare de devastação de terra, eles têm razão [sobre o desmatamento no Brasil]. Agora me convida e voar a Europa, se tiver um hectare de floresta, vocês têm razão. Essa é a realidade. O Brasil é uma virgem que todo tarado de fora quer.”

Em mensagem publicada no Twitter ainda neste sábado (6), Bolsonaro compartilhou um vídeo onde afirma não reconhecer o indígena Raoni como autoridade no Brasil.

“O Brasil é exemplo para o mundo na preservação ambiental. ONGs, artistas, ‘Raonis’ não mais influenciarão em nossa política externa”, escreveu Bolsonaro.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram