Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro volta a ser destaque internacional como “Trump do Brasil”

João Guilherme
João Guilherme
Estudante e interessado em política, história e religião.
Bolsonaro volta a ser destaque internacional como "Trump do Brasil"

Nesta semana, Jair Bolsonaro, candidato à presidência da República pelo PSL, voltou a ser destaque internacional e foi chamado de “Trump brasileiro”.

A semana do candidato na mídia internacional não começou da melhor maneira.

A revista The Economist, que vive de atacar a direita mundial, publicou uma edição que trazia Jair Bolsonaro na capa e os seguintes dizeres: “A mais recente ameaça da América Latina”.

O burburinho na mídia brasileira foi quase que imediato, com diversos jornais copiando a capa ou fazendo alusão à revista na intenção de destacar a opinião de um veículo internacional sobre o candidato que lidera as pesquisas de intenções de voto no Brasil.

A publicação ainda afirmou que Bolsonaro promete ser o salvador da pátria, mas que o candidato representa um risco para mais da metade da América.

‘O Sr. Bolsonaro, que tem “Messias” como nome do meio, promete salvação; na verdade, ele é um perigo para o Brasil e para a América Latina’, destacou a The Economist.

Embora a semana tenha começado um pouco negativa, nem tudo dito acerca do candidato na mídia internacional teve a intenção de depreciá-lo.

Na quinta-feira (20), o portal The Daily Wire postou uma matéria destacando “7 Coisas Que Você Precisa Saber Sobre o Trump do Brasil” (Texto traduzido aqui).

O texto mostrou pontos importantes sobre Bolsonaro, como o fato de se considerar conservador, apoiar o presidente Donald Trump e ser uma das “últimas esperanças do Brasil contra o socialismo”.

No entanto, a matéria não esqueceu do passado “controverso” do candidato, lembrando de declarações polêmicas ditas por ele, como na discussão com a petista Maria do Rosário, em 2003.

O destaque internacional que Bolsonaro vem recebendo é reflexo de como o candidato é visto dentro do país.

O capitão do exército é destaque constante na grande mídia e vem pautando as notícias diariamente desde antes de ser esfaqueado por um militante de esquerda no último dia 06.

A propaganda gratuita que Bolsonaro recebe compensa os 08 segundos que o candidato tem à sua disposição no horário eleitoral e supera até os quase  minutos que Geraldo Alckmin possui.

Outro fator que colabora para tanto protagonismo é o engajamento de seus eleitores, também destacado pelo Daily Wire, que são fiéis e estão dispostos a desmascarar fake news sobre o candidato.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias