Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Bombeiro é preso por atrapalhar caso Marielle Franco

Tarciso Morais

Tarciso Morais

General diz que milicianos mataram Marielle por causa de terras
COMPARTILHE

Bombeiro e outros quatro denunciados são investigados por terem ajudado a ocultar armas de fogo de uso restrito.

O bombeiro Maxwell Simões Correa foi alvo de um mandado de prisão, nesta quarta-feira (10), “por atrapalhar de maneira deliberada” as investigações do caso Marielle Franco, junto a outras quatro pessoas já denunciadas ao Judiciário.

A prisão acontece após agentes do Ministério Público do Rio de Janeiro, da Corregedoria do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil deflagrarem uma operação no âmbito do caso.

Maxwell e outros quatro denunciados são acusados de ajudar a ocultar armas de fogo de uso restrito e acessórios pertencentes a Ronnie Lessa, ex-policial denunciado como autor do crime ao lado de Élcio de Queiroz.

De acordo com a nota¹ do MPRJ, Maxwell cedeu o veículo utilizado para guardar o vasto arsenal bélico pertencente a Ronnie, entre os dias 13 e 14 de março de 2019, para que o armamento fosse, posteriormente, descartado em alto mar.

Além do mandado de prisão, a operação batizada de “Submersus 2” cumpre também mandados de busca e apreensão em dez endereços na cidade do Rio de Janeiro ligados a Maxwell e aos outros quatro investigados, presos durante a operação “Submersus”.

Referências: [1]
- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.