Português   English   Español
Português   English   Español

Bombeiro voluntário da Austrália acusado de provocar incêndios

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Bombeiro voluntário da Austrália acusado de provocar incêndios

Várias pessoas foram detidas nas últimas semanas por queimadas na Austrália.

A polícia da Austrália acusou, nesta quarta-feira (27), um bombeiro voluntário de provocar deliberadamente sete incêndios, antes de se unir aos esforços para combater as chamas.

O bombeiro, de 19 anos, é acusado de atear fogo intencionadamente em locais da costa de Novas Gales do Sul, o estado mais afetado pelos devastadores incêndios florestais que assolaram o litoral australiano entre outubro e novembro.

O homem foi visto na tarde de terça-feira (26) sentado em um veículo próximo ao foco de um incêndio registrado pouco depois. Ele foi preso alguns dias depois.

“A polícia afirmará na justiça que esta pessoa ateou fogo e partiu da região, antes de regressar para combatê-lo como bombeiro voluntário”, dizem as autoridades em comunicado, segundo a agência AFP.

Seis pessoas morreram, centenas de casas estão destruídas e mais de 1,5 milhão de hectares foram devastados pelos incêndios registrados desde o início de outubro na Austrália.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email:

Fique tranquilo(a), assim como você também odiamos spam, você poderá sair quando quiser :)

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Nunca mais seja massa de manobra. Assine!