Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Boris Johnson diz que não pedirá outro adiamento do Brexit

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Boris Johnson diz que não pedirá outro adiamento do Brexit
COMPARTILHE

Apesar de o Parlamento britânico ter aprovado uma lei que pode forçá-lo a adiar o Brexit, Johnson disse que não vai “pedir outro adiamento”.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, garantiu, nesta segunda-feira (9), que não pedirá “outro adiamento” do Brexit.

Johnson acrescentou que se os deputados se opuserem a aprovar eleições gerais antecipadas, ele vai preparar o Reino Unido para deixar a União Europeia “de preferência, com um acordo, mas sem, se isso for necessário”, registra o site UOL.

No entanto, os congressistas rejeitaram, novamente, a possibilidade de convocar eleições gerais antecipadas para 15 de outubro, como havia proposto o premiê do Partido Conservador.

Foram 293 votos a favor de uma nova eleição, não atingindo a maioria necessária de 434, que representam 2/3 da Câmara dos Comuns. Outros 46 parlamentares votaram contra, informa o site G1.

Uma nova eleição daria ao premiê uma chance de tentar restabelecer uma base de poder – ele perdeu a maioria parlamentar na semana passada.

Esta foi a segunda vez que Johnson tentou a aprovação de novas eleições gerais nos últimos dias. No dia 4 de setembro, ele teve um desempenho melhor, com 298 votos a favor.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram