Português   English   Español

Boulos alcançou o pior desempenho da história do PSOL

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) teve nesta eleição de 2018 o pior desempenho de sua história na disputa presidencial.

O candidato do partido, Guilherme Boulos, contabilizou pouco mais de 617 mil votos, ou 0,58% do total de válidos.

Até então essa marca pertencia a Plínio de Arruda Sampaio, que em 2010 conseguiu 0,86% dos votos válidos.

O partido obteve seu melhor resultado na disputa pelo Planalto em 2006, um ano depois de ser criado por dissidências do PT, com Heloísa Helena. A então senadora por Alagoas conquistou 6,85% dos votos válidos, ou 6,6 milhões de votos, e ficou em 3º lugar no 1º turno.

Na última eleição presidencial, em 2014, o partido lançou Luciana Genro, e obteve 1,55% dos votos válidos, o que a colocou em 4º lugar.

Boulos ficou em 10º em 2018, sua primeira eleição. Aos 36 anos, ele foi o candidato mais jovem a tentar chegar ao Planalto.

 

Adaptado da fonte G1

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações