Português   English   Español

Boulos ignora voto popular e convoca protesto para amanhã

Boulos ignora voto popular e convoca protesto para amanhã

Candidato do PSOL derrotado na corrida presidencial de 2018 afirmou que ‘Bolsonaro não é dono do Brasil e não vai silenciar nossas vozes’.

Após a confirmação da eleição de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República, o extremista de esquerda Guilherme Boulos afirmou que as “nuvens cinzentas de intolerância e de violência”, que ele considera terem sido trazidas pelo capitão reformado, “vão passar mais cedo do que muitos imaginam”.

Em vídeo publicado em sua conta no Twitter, o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) prometeu:

Já na próxima terça-feira o povo sem medo vai às ruas de várias cidades do País para afirmar nosso compromisso com a democracia e com nossos direitos. Jair Bolsonaro não é o dono do Brasil e não vai silenciar as nossas vozes.

Boulos alegou que, para conseguir a vitória, o capitão reformado “fugiu dos debates e se escondeu atrás de uma rede de mentiras no WhatsApp, à base de fraude e de caixa 2”.

O esquerdista concluiu:

Apesar de você, Bolsonaro, amanhã vai ser outro dia. Até lá, nós vamos estar com coragem nas ruas desse País, lutando por democracia e por nossos direitos. O Brasil é muito maior do que Jair Bolsonaro. Vamos à luta.

 

Adaptado da fonte Estadão

Deixe seu comentário

Veja também...