Braga Netto é convocado por comissão da Câmara

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Comissão convoca Ministro da Defesa por declarações sobre voto impresso.

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (3), a convocação do ministro da Defesa, Walter Braga Netto, por supostas declarações sobre o voto impresso.

A convocação do general foi apresentada pelo deputado federal Rogério Correia (PT-MG), mas a comissão não marcou ainda data para ouvir Braga Netto, que é obrigado a comparecer na sessão.

Sem apresentar provas, o jornal Estadão acusou Braga Netto de ter afirmado ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que não haveria eleições em 2022 se não fosse aprovado o voto impresso e auditável.

O jornal diz que a mensagem do ministro da Defesa foi repassada por meio de um interlocutor de Braga Netto em reunião com o presidente da Câmara no dia 8 de julho.

Braga Netto repudiou a publicação do jornal e negou as acusações:

“Foi publicada uma reportagem na imprensa que atribui a mim mensagens tentando criar uma narrativa sobre ameaças feitas por interlocutores a presidente de outro Poder. O ministro da Defesa não se comunica com o presidente dos Poderes por meio de interlocutores.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.