Brasil abre consulta na OMC contra subsídio a açúcar na Índia

Idiomas:

Português   English   Español
Brasil abre consulta na OMC contra subsídio a açúcar na Índia
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O governo brasileiro entende que “a recente ampliação dos subsídios indianos tem causado impactos significativos no mercado mundial de açúcar”.

Os governos de Brasil e Austrália apresentaram formalmente nesta quarta-feira (27) um pedido de consultas na Organização Mundial do Comércio (OMC) para questionar os subsídios ao setor de açúcar na Índia.

De acordo com nota conjunta divulgada pelos Ministérios da Agricultura e das Relações Exteriores:

“No entendimento do Brasil, a recente ampliação dos subsídios indianos tem causado impactos significativos no mercado mundial de açúcar. Estimativas de especialistas indicam que a oferta adicional indiana poderá gerar, na safra 2018/2019, supressão de até 25,5% do preço internacional do produto, o que se traduziria em prejuízo de até 1,3 bilhão de dólares apenas para os exportadores brasileiros.”

O movimento se segue a meses de arranjos legais por parte de Brasil e Austrália e pode desembocar em um painel na OMC contra a Índia.

O governo do presidente Jair Bolsonaro tem expectativa de que as consultas com o governo indiano contribuam para o equacionamento da questão.

A data e o local das consultas deverão ser acordados entre os dois países nas próximas semanas.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque