Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Brasil amplia limite para compra de munições

Civis poderão comprar um número maior de munições
Imagem: Reprodução/Pixabay
COMPARTILHE

Quantidade máxima permitida para civis com arma registrada passou de 200 munições por ano para 600.

O governo Jair Bolsonaro publicou uma portaria, nesta quinta-feira (23), que multiplica a quantidade de munições que cidadãos com porte e posse de arma e agentes de segurança podem adquirir.

A portaria foi publicado pelos ministérios da Defesa e da Justiça e Segurança Pública.

O texto estabelece quantitativos mensais para a compra de munições e diz que eles podem ser acumulados ao longo do ano.

O limite para pessoas físicas autorizadas a ter uma arma, por exemplo, triplicou, passando de 200 munições para 600 por ano.

De acordo com as novas regras, pessoas físicas com posse ou porte podem adquirir mensalmente até 300 unidades de munição esportiva calibre 22. 

O valor vale por cada arma e cai para 200 unidades de munição de caça e esportiva nos calibres 12, 16, 20, 24, 28, 32 e 36, além de 9.1 milímetros. Para os demais calibres permitidos, o limite é de 50 unidades para cada mês, destaca O Globo.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE