Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Brasil arrecada quase R$ 2 milhões em leilões de bens do tráfico

Sergio Moro visa endurecimento da regra para prisão por corrupção
COMPARTILHE

Moro tenta sufocar o setor financeiro das facções criminosas, inclusive por meio do confisco patrimonial.

O governo do Brasil fechou, na última quarta-feira (29), a primeira etapa de leilões de bens confiscados do tráfico.

A expectativa de arrecadação, que era de R$ 400 mil, foi totalmente superada, com o país acumulando quase R$ 2 milhões.

A informação foi confirmada pela secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), braço do Ministério da Justiça e Segurança Pública, como noticiou o jornal Gazeta do Povo.

Os leilões fazem parte da estratégia do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, para sufocar o setor financeiro das facções criminosas, inclusive por meio do confisco patrimonial.

Agora, por meio do “Projeto Check In, os policiais devem informar à Senad os dados referentes aos itens apreendidos, para que sejam localizados e, assim, disponibilizados aos leilões.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE