Português   English   Español

Brasil avalia retaliar União Europeia com taxa no leite

Brasil avalia retaliar União Europeia com taxa no leite
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O governo do presidente Jair Bolsonaro avalia aumentar a tarifa de importação de leite como uma das medidas de retaliação às barreiras impostas pela União Europeia ao aço brasileiro.


A medida seria uma forma de compensar os produtores rurais depois de, na semana passada, o Ministério da Economia suspender a cobrança de uma sobretaxa de 14% sobre importações de leite em pó.

A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, entende que não é possível simplesmente aumentar a alíquota do imposto, porque se trata de uma tarifa comum do Mercosul e o aumento teria de ser negociado no bloco.

Assim, a saída para atender à Frente Parlamentar Agropecuária (FPA) seria se valer de um dispositivo permitido pela Organização Mundial de Comércio (OMC).

Nas próximas semanas, o governo de Jair Bolsonaro pretende solicitar compensações à União Europeia pelas barreiras que o bloco impôs ao aço no início do ano, segundo o jornal Estadão.

A medida atingiu vários países e o pedido de compensação é previsto nas regras da OMC.

A equipe econômica avalia que poderá pedir compensações de US$ 230 milhões, ou seja, solicitando que União Europeia baixe tarifas impostas aos produtos brasileiros ou aumentar as tarifas de importação de produtos europeus neste mesmo montante.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...