- PUBLICIDADE -

Brasil avança programa para transformar lixo em energia barata

Brasil avança programa para transformar lixo em energia barata
Estrutural (DF) - 18-01-2018 - Fechamento aterro sanitario (lixão) - Governo de Brasilia anuncia o fechamento definitivo do aterro sanitario de brasilia neste sabado dia 20. Atrelado a esse fechamento, processos correm no Ministério publico sobre ações trabalhistas como trabalho infantil e acidente de trabalho. Foto: Myke Sena.

- PUBLICIDADE -

“O Ministério do Meio Ambiente investe R$ 12 milhões para ajudar o Estado de Rondônia a encerrar TODOS os lixões”, disse Bolsonaro.

O Ministério do Meio Ambiente participou, nesta terça-feira (2), do lançamento do programa “Frente Brasil de Recuperação Energética de Resíduos”. 

O objetivo¹ da medida é reduzir a quantidade de lixões, impor uma maior proteção do solo e da água, controle de pragas e outros benefícios para todos os brasileiros.

O programa também busca uma economia de espaço urbano, geração de energia mais barata, menos pressão sobre recursos naturais, emprego e renda no setor de recuperação energética e controle de pragas e focos de vetores de doenças, levando mais saúde e qualidade de vida para todos os brasileiros.

Em mensagem no Twitter, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, compartilhou um link para um site do governo com mais informações sobre o programa:

“Avançamos hoje na agenda da recuperação energética. O lixo que hoje é muitas vezes destinado inadequadamente  vai virar energia mais barata, gerando emprego e renda no setor.”

Horas mais tarde, o presidente da República, Jair Bolsonaro, escreveu² na mesma rede social:

“O Ministério do Meio Ambiente investe R$ 12 milhões para ajudar o Estado de Rondônia a encerrar TODOS os lixões. Será o primeiro Estado LixãoZero da Amazônia e estudos e desenvolvimento para outras regiões. Mais de 320 mil brasileiros atendidos”

Referências: [1]

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -