Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Brasil cobra quase R$ 500 milhões de desmatadores da Amazônia

Desmatamento na Amazônia tem elevação de 29,5% em 2019
COMPARTILHE

Governo aplica punições milionárias contra desmatadores da Floresta Amazônica.

A Advocacia-Geral da União (AGU) está cobrando R$ 462 milhões de 71 réus, acusados de desmatarem 17,9 mil hectares da Amazônia.  

O processo é resultado da força-tarefa “Em Defesa da Amazônia”, que ajuizou 43 ações nesta quarta-feira (16).  

Este é o quarto lote de ações apresentados contra desmatadores pela força-tarefa. 

O montante cobrado tem o objetivo de garantir a reparação dos danos causados na nos estados que fazem parte da Amazônia Legal. 

Até o momento, neste quarto lote, a força tarefa obteve na justiça, em três ações, o bloqueio de R$ 25,1 milhões em bens de infratores ambientais.  

Um desmatador do município de Bom Jesus do Araguaia, em Mato Grosso, foi punido em R$ 23,2 milhões pela devastação de mais de mil hectares da Floresta Amazônica

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE