Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Brasil e Colômbia exortam Venezuela a aceitar ajuda humanitária

COMPARTILHE

Os presidentes de Brasil e Colômbia defenderam nesta terça-feira (20) a “pacificação política” da Venezuela e pediram para a ditadura de Nicolás Maduro aceitar a ajuda humanitária oferecida por vários países para enfrentar a escassez de produtos básicos.

O presidente Michel Temer afirmou, durante ato em Brasília ao lado de seu contraparte colombiano, Juan Manuel Santos:

O que queremos é a pacificação política na Venezuela, democracia plena nas eleições e não agressão aos que se opõem ao regime.

O presidente da Colômbia acrescentou:

Fazemos novamente um chamado ao presidente Maduro para que aceite a ajuda humanitária que vários países, entre eles Brasil e Colômbia, lhe oferecemos. Não entendemos porque recusam esse tipo de ajuda, quando a crise humanitária de que padece o povo venezuelano se agrava dia a dia.

Pelo menos 550.000 refugiados da Venezuela fugiram para a Colômbia. Mas, este número já pode ser bem maior e deve superar a casa de um milhão até junho, segundo as autoridades.

Outros 40.000 foram para o Brasil, deixando Boa Vista, capital de Roraima, à beira do colapso e obrigando o governo federal a duplicar a presença de miliares na fronteira como parte de um plano de acolhida para o fluxo de pessoas.

 

Com informações de: [IstoÉ]

RENOVA Mídia precisa do seu apoio para continuar em funcionamento. Conheça nossa história e faça sua doação (boletou ou cartão) através da plataforma ApoiaSe. Clique AQUI e faça sua parte.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE