Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Brasil deixa de emitir carteira diplomática a chavistas

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Exportações do Brasil para a Venezuela diminuem quase 90%
COMPARTILHE

Em medida conta Maduro, Itamaraty deixa de emitir carteira diplomática a chavistas. Documento já é concedido a representantes de Guaidó no Brasil.

Em mais um gesto para isolar os diplomatas chavistas no Brasil, o Itamaraty deixou de emitir a chamada carteira de registro diplomático para os representantes da ditadura Nicolás Maduro, na Venezuela.

As emissões do documento, que é uma espécie de RG para diplomatas, estão suspensas para todos os venezuelanos que estão no Brasil a serviço do regime Maduro. 

O mesmo vale para os pedidos de renovação da carteira, que estão sendo negados pela chancelaria brasileira. 

O Ministério das Relações Exteriores passou a adotar essa política contra os diplomatas chavistas desde que o governo do presidente da República, Jair Bolsonaro, reconheceu o chefe da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, como presidente interino da Venezuela, no início do ano passado.

A ausência de carteirinha diplomática válida não significa, no entanto, que esses diplomatas sejam obrigados a deixar o país, destaca o jornal Folha de S.Paulo.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM