Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Brasil destina R$ 500 milhões para proteção da Floresta Amazônica

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Maior árvore da Amazônia está 50% mais alta
COMPARTILHE

“Os R$ 500 milhões recebidos do Fundo Verde do Clima vão remunerar quem preserva”, diz Salles. 

O Ministério do Meio Ambiente criou nesta sexta-feira (3) o Programa Floresta+ para valorizar quem preserva e cuida da floresta nativa do país. 

Criado nesta sexta-feira (3) pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, o programa Floresta+ vai destinar R$ 500 milhões para conservação da Amazônia Legal.

Em reunião virtual, Salles disse que o objetivo é valorizar quem preserva e cuida da mata nativa do Brasil:

“Esse é o maior programa de pagamento por serviços ambientais no mundo, na atualidade. Os R$ 500 milhões recebidos do Fundo Verde do Clima vão remunerar quem preserva.” 

O ministro acrescentou:

“Vamos pagar pelas boas práticas e reconhecer o mérito de quem cuida adequadamente do meio ambiente.”

Podem participar do Floresta+ pessoas físicas ou jurídicas, de direito público ou privado, grupo familiar ou comunitário que, de forma direta ou por meio de terceiros, executam atividades de serviços ambientais em áreas mantidas com cobertura de vegetação nativa ou sujeitas à sua recuperação.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.