Português   English   Español

Brasil e EUA chegam a acordo sobre base de Alcântara

Brasil e EUA chegam a acordo sobre base de Alcântara
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Após quase duas décadas de negociações, Brasil e Estados Unidos fecharam um acordo sobre salvaguardas tecnológicas que permitem uso comercial de base no Maranhão.


Na semana passada, Brasil e Estados Unidos concluíram as negociações do novo Acordo de Salvaguardas Tecnológicas (AST), que permite o uso comercial da base de Alcântara, no Maranhão.

Nos anos 2000, as negociações com os EUA não prosperaram, mas desde 2018 os debates deslancharam.

O embaixador do Brasil nos EUA, Sérgio Amaral, disse que o texto do acordo passou por inúmeras mudanças. Segundo o Estadão, ele acrescentou:

“Essa negociação encerra quase 20 anos em que estamos tentando lançar da base de Alcântara mísseis de maior capacidade, de maior porte e que podem ser utilizados no uso comercial sobretudo de lançamento de satélite.”

Segundo ele, a “ingerência americana no Brasil” foi reduzida e as críticas levantadas em 2000 pelo Congresso devidamente solucionadas.

O embaixador afirma que a parceria deixa o Brasil mais forte no debate sobre a cooperação espacial e colabora com a pretensão de lançar projéteis de maior porte, que podem ser utilizados, inclusive, no uso comercial de lançamento de satélites, registra o Poder 360.

É provável que os governos brasileiro e americano assinem o acordo no próximo dia 19, quando Jair Bolsonaro se encontrará com Donald Trump, em Washington.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...