Brasil e EUA coordenam ajuda humanitária à Venezuela

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Em uma operação coordenada com os EUA, o governo Jair Bolsonaro vai permitir o uso de território brasileiro para que opositores do ditador Nicolás Maduro tentem levar ajuda humanitária à Venezuela em 23 de fevereiro.

O porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, afirmou que Jair Bolsonaro determinou que o Brasil dê apoio logístico para que caminhões conduzidos por venezuelanos da oposição busquem mantimentos em Pacaraima e Boa Vista, cidades do estado de Roraima.

Os produtos serão enviados a postos nessas cidades pelo governo brasileiro, disse o porta-voz.

Esta é ação mais contundente já adotada pelo governo Bolsonaro contra o ditador Nicolás Maduro, considerado pelo presidente um mandatário “ilegítimo.”

O general Rêgo Barros afirmou que a operação de envio de ajuda humanitária à Venezuela está sendo planejado em coordenação com os Estados Unidos, segundo a Folha.

No entanto, ao contrário do que ocorre na Colômbia, ela não deve envolver o envio de produtos em aviões dos EUA a Roraima.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.