Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Brasil e Hungria reforçam programa de concessão de bolsas de estudo

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Brasil e Hungria reforçam programa de concessão de bolsas de estudo
Imagem: Divulgação/MEC

De 2020 até 2022, a parceria ofertará 750 bolsas de estudos — 250 por ano.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, assinou, na última quinta-feira (12), um acordo de cooperação técnica que dará continuidade a um programa de concessão de bolsas de estudo pela Hungria

Na ocasião, Weintraub declarou:

“Entendemos esse gesto como um importante laço de amizade na construção das duas nações. Agradeço pelo espaço de aprendizado que temos em carreiras tão importantes que vão desde de engenharia, pesquisa nuclear e indo para áreas de ponta na tecnologia.”

O principal objetivo do programa é ampliar a cooperação entre as duas nações e contribuir para o desenvolvimento econômico e social do Brasil com educação superior de alta qualidade.

O embaixador húngaro no Brasil, Zoltán Szentgyörgyi, disse que o programa representa um grande investimento para o futuro:

“Nos orgulhamos do ensino superior húngaro e penso que isto pode ser muito útil para estudantes brasileiros, para estudantes húngaros, para os dois países.”

Ao todo, 27 instituições de ensino superior húngaras estão participando do programa. A bolsa, que inclui serviços de saúde, é paga pelas instituições de ensino da Hungria. 

O estudante poderá residir no alojamento do campus ou receber uma ajuda de custo para moradia. As despesas da viagem internacional — passagens aéreas, seguros de viagem e vistos — são de responsabilidade do aluno, destaca o portal do MEC.

Confira o vídeo e conheça o canal da RENOVA no YouTube:

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email