Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Brasil e Paraguai anulam acordo sobre hidrelétrica de Itaipu

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Brasil e Paraguai anulam acordo sobre hidrelétrica de Itaipu

Governo do país vizinho enfrenta crise desde que veio à tona que assinou uma ata em que, na prática, se comprometia a pagar mais caro pela energia da usina em Itaipu.

Brasil e Paraguai anularam, nesta quinta-feira (1º), a ata sobre compra de energia da usina hidrelétrica de Itaipu.

Assinada em maio por representantes dos dois países, a negociação iniciou uma crise política no governo do presidente Mario Abdo Benítez, inclusive com articulação de impeachment promovida por partidos opositores.

De acordo com a imprensa local, o embaixador do Brasil na capital Assunção, Carlos Alberto Simas Magalhães, assinou um documento em que o governo Jair Bolsonaro reconhece a decisão do Paraguai de anular a renegociação que faria o país vizinho pagar mais caro pela energia da usina binacional.

Abdo, de 47 anos, entrou no olho do furacão quando políticos e parlamentares reagiram contra a assinatura do acordo com o Brasil.

Aceito a briga! Por um Paraguai sem máfias!”, disse o presidente “Marito” em sua conta de Twitter pouco depois de vir a público o respaldo de parlamentares de seu próprio partido ao pedido de impeachment.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email