Brasil envia pele humana para vítimas de acidente no Peru

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A pele humana é utilizada como um curativo biológico para pacientes que sofreram graves queimaduras. 

O governo Jair Bolsonaro enviou 20 mil cm² de pele humana ao Peru para ajudar no tratamento de queimaduras graves em crianças e adultos.

O envio foi concretizado na última semana após um acidente com caminhão de gás, que deixou cerca de 50 pessoas feridas em Lima, capital peruana. 

Atualmente, o Brasil possui quatro bancos de pele localizados nos estados do Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul. Em 2018, foram utilizados no país 83.559 cm² de pele humana, informa a agência EBC.

A pele humana é considerada a melhor opção terapêutica em casos de queimadura por reduzir infecções e dores, além de acelerar a recuperação e, assim, diminuir o tempo de internação do paciente.

O material é proveniente de doadores e costuma ser retirado do dorso das coxas, braços e costas após confirmação de morte cerebral, como ocorre em doações de órgãos.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.