Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Brasil vai decretar estado de emergência em Roraima

COMPARTILHE

Presidente Michel Temer assinará MP para tentar controlar fluxo de imigrantes da Venezuela. Força-tarefa comandada por um general do Exército será criada para monitorar o movimento dos refugiados pelo país.

De acordo com informações do Estadão:

O presidente Michel Temer vai assinar até sexta-feira uma medida provisória decretando “estado de calamidade social” em Roraima em razão da entrada em massa de venezuelanos no Estado. O decreto também deverá regulamentar a operação, até então inédita. Entre as medidas previstas na MP está a criação de uma força-tarefa, que incluirá cadastramento e monitoramento dos venezuelanos.

Apesar de o fluxo de venezuelanos não ser recente, o problema foi agravado na semana passada, quando a Colômbia decidiu restringir a entrada de refugiados no país. A força-tarefa brasileira será comandada pelo general Eduardo Pazuello, que ficará responsável por toda a operação em Roraima.

O jornal Gazeta do Povo apresenta mais detalhes:

Entre as medidas previstas na MP está a criação de uma Força Tarefa logística, a ser comandada pelo general do Exército Eduardo Pazuello, que ficará responsável por toda a operação no estado, que incluirá cadastramento e monitoramento dos venezuelanos. Apesar de não ser recente, o problema foi agravado desde a semana passada, quando a Colômbia decidiu restringir o fluxo de venezuelanos em seu país.

Há uma demora na edição da MP porque o governo está preocupado com os termos que constarão nela. O estado de calamidade normalmente é decretado em função de emergências por catástrofes como seca, enchente ou alguma outra situação crítica. Neste caso, seria uma “calamidade social provocada por migração em massa” e que teria à frente um general e não a Defesa Civil, já que envolve questões de fronteiras.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE