PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Brasil, EUA, Hungria e Polônia unidos em agenda conservadora

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

A ideia de organizar um grupo internacional de apoio a políticas públicas voltadas às famílias — a Parceria pelas Famílias — partiu do Brasil.

O grupo de quatro países com governos conservadores está buscando promover um programa de direitos humanos que reflita esses valores em âmbito internacional. 

Brasil, Estados Unidos, Hungria e Polônia tentam defender o valor da família, a liberdade religiosa e o direito à vida em foros da Organização das Nações da Unidas (ONU) e em reuniões com outras nações.

O catalisador do vínculo que formou esta aliança foi a sintonia entre o presidente Jair Bolsonaro e os três líderes das outras nações:

  • Viktor Orbán, da Hungria; 
  • Andrzej Duda, da Polônia;
  • Donald Trump, dos EUA. 

A ideia de organizar um grupo internacional de apoio a políticas públicas voltadas às famílias — a Parceria pelas Famílias — partiu do Brasil, por meio do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, destaca o jornal Gazeta do Povo.

O primeiro evento da “Parceria pelas Famílias” aconteceu no dia 15 de fevereiro e teve palestras de representantes do Brasil, da Hungria, da Polônia, dos EUA e do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância). 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.