Português   English   Español

Brasil inaugura 1ª parte da maior estrutura científica do país

O governo inaugurou nesta quarta-feira (14) a primeira parte do laboratório Sirius –maior estrutura de pesquisa científica do Brasil.

O centro, que inclui um acelerador de partículas, custou R$ 1,8 bilhão e é ligado ao CNPEM (Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais).

A estrutura será uma das mais modernas do mundo. O primeiro teste do ultra-aparelho será realizado nesta quarta-feira (14), mas a estrutura só estará disponível para utilização dos pesquisadores a partir do segundo semestre de 2019.

Estima-se que a conclusão do laboratório, com operação de 13 linhas, será em 2020.

O Sirius sucederá um acelerador de partículas utilizado há 30 anos no LNLS (Laboratório Nacional de Luz Síncrotron).

Um exemplo da diferença entre as duas tecnologias, é a duração de experimentos semelhantes realizados em 1 e outro. Algumas experiências que geralmente duravam 10 horas agora poderão ser realizados em 10 segundos.

 

Adaptado da fonte Poder360

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter