Brasil investe US$ 1 bi anualmente em importação de placas solares

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O estudo usou dados do Ministério da Economia para o levantamento.​

À medida que o mercado de geração de energias alternativas avança, as importações de placas solares estão crescendo, anualmente, no Brasil.

O investimento quadruplicou desde 2016, para US$ 1 bilhão em negociações por ano.

A informação está presente em um estudo do Etene, escritório de estudos econômicos vinculado ao Banco do Nordeste.

Em 2012, quando o setor começou a ser incentivado no país, a entrada dos equipamentos girava em torno de R$ 3 milhões.

A região Nordeste é responsável pela maior parte da energia solar gerada no Brasil.

Quase a totalidade das placas vem da China e chega, principalmente, pelos portos de Santos (SP), Salvador (BA), Itajaí (SC) e Paranaguá (PR). 

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.