- PUBLICIDADE -

Brasil investirá R$ 60 milhões em ação militar na Amazônia

Brasil investirá R$ 60 milhões em ação militar na Amazônia
Imagem: Warley de Andrade/TV Brasil
- PUBLICIDADE -

“O papel do Ministério da Defesa é de coordenação e controle”, disse Mourão sobre a operação na Amazônia.

A operação “Verde Brasil 2” teve início nesta segunda-feira (11) pelo governo federal para combater o desmatamento ilegal e focos de incêndio na Amazônia.

Realizada após decretação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) na Amazônia Legal, a operação terá orçamento inicial de R$ 60 milhões.

A operação já está em curso e envolve um efetivo de 3,8 mil profissionais, 110 viaturas, 20 embarcações, 12 aeronaves e terá bases em Belém, Porto Velho e Cuiabá.

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse que fiscais do Ibama e do ICMBio já estão fazendo buscas e autuações nos locais, protegidos por forças federais que atuam na região com poder de polícia conferido pelo decreto de GLO.

Em entrevista coletiva, o vice-presidente declarou:

“O papel do Ministério da Defesa é de coordenação e controle. Então, as Forças Armadas não estão substituindo nem o Ibama, nem o ICMBio, nem a Funai [Fundação Nacional do Índio]. Até porque elas não são especializadas nesse tipo de atividade, muito pelo contrário.”

E, segundo a agência EBC, acrescentou:

“A capilaridade das Forças Armadas permite estabelecimento de bases no terreno, que facilitem o trabalho de fiscalização e, principalmente, que garantam a segurança e a proteção dos agentes do Ibama, ICMBio, Funai que estão realizando esse tipo de atividade.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -