Brasil libera cloroquina para pacientes com sintomas leves de Covid-19

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Fica a critério do médico a prescrição, sendo necessária também a vontade declarada do paciente”, diz trecho do protocolo.

O Ministério da Saúde divulgou, nesta quarta-feira (20), o novo protocolo para o uso da hidroxicloroquina no tratamento de pacientes com sintomas leves de coronavírus.

Atendendo à determinação do presidente da República, Jair Bolsonaro, a pasta autoriza a utilização do remédio também para alguns casos de pacientes com sintomas leves e moderados da doença.

Para os pacientes graves de Covid-19, como já acontecia, a cloroquina também está liberada.

Confira um trecho¹ do novo protocolo:

“Apesar de serem medicações utilizadas em diversos protocolos e de possuírem atividade in vitro demonstrada contra o coronavírus, ainda não há meta-análises de ensaios clínicos multicêntricos, controlados, cegos e randomizados que comprovem o beneficio inequívoco dessas medicações para o tratamento da Covid-19.”

O médico terá liberdade para o uso, e os pacientes que aceitarem fazer o tratamento com a cloroquina terão que assinar² um termo de consentimento.

Ainda de acordo com o protocolo, a cloroquina “deve ser usada com precaução em portadores de doenças cardíacas, hepáticas ou renais, hematoporfiria e doenças mentais”.

Entre as contraindicações para o uso do medicamento, estão:

  • Gravidez;
  • Retinopatia/maculopatia secundária ao uso do fármaco já diagnosticada;
  • Hipersensibilidade ao fármaco;
  • Miastenia grave.

Em mensagem nas redes sociais na manhã de hoje, o presidente Bolsonaro lamentou as milhares de mortes por coronavírus e voltou a anunciar que a cloroquina iria ser alvo de um noto protocolo.

Referências: [1][2]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.