PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Brasil libera lançamentos de empresas estrangeiras de Alcântara

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

“Brasil acaba de entrar no seleto grupo de nações que abrigam lançamentos de foguetes privados”, diz Bolsonaro.

A pasta do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, publicou uma portaria¹, nesta segunda-feira (1), autorizando que empresas como a SpaceX lancem foguetes da Base de Alcântara, no Maranhão.

A exploração comercial do centro de lançamento é uma importante bandeira do governo federal.

Em mensagem no Twitter, o presidente da República, Jair Bolsonaro, declarou:

“O Brasil acaba de entrar no seleto grupo de nações que abrigam lançamentos de foguetes privados, como os da SpaceX.”

E acrescentou:

“Após décadas, inicia-se nova fase de desenvolvimento, garantindo bilhões de reais ao país e região de Alcântara / MA.”

De acordo com a portaria, regras são estabelecidas para “as atividades espaciais de lançamento a serem executadas por pessoas jurídicas privadas em qualquer lançamento que alcance uma altitude superior a 100 km em relação ao nível do mar”.

O texto é assinado pelo engenheiro Carlos Augusto Teixeira de Moura, presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB).

O presidente Bolsonaro já havia firmado acordo com o Estados Unidos para autorizar lançamentos da Base de Alcântara.

Mas, agora, pessoas jurídicas de outros países com representação no Brasil também ficam autorizadas a realizar essas atividades em território nacional.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.