Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Brasil mantém recomendação sobre uso da cloroquina

Testes com cloroquina contra coronavírus autorizados na Itália
COMPARTILHE

Secretária da pasta da Saúde disse que o Brasil não pode “perder tempo aguardando resultado de estudos”.

O Ministério da Saúde do governo Jair Bolsonaro se mantém seguro e tranquilo sobre a recomendação feita no mês passado de uso de cloroquina no tratamento de pacientes com sintomas iniciais da infecção por coronavírus.

Mayra Pinheiro, secretária de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde, disse que a pasta modificou sua recomendação de uso da cloroquina para incluir gestantes e crianças entre os grupos com recomendação de uso na fase inicial da Covid-19.

O posicionamento¹ da secretária acontece após decisão de agência reguladora dos Estados Unidos de revogar o uso emergencial do medicamento contra malária para tratar a doença respiratória provocada pelo novo coronavírus.

A secretária criticou os estudos citados pela Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês) para embasar sua decisão de revogar a autorização de uso emergencial da cloroquina.

Pinheiro disse que os estudos norte-americanos sobre o medicamento são de “péssima qualidade”.

Referências: [1]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários