Português   English   Español
Português   English   Español

Brasil muda posição histórica ao votar contra Cuba na ONU

Brasil muda posição histórica ao votar contra Cuba na ONU
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Brasil muda posição histórica e vota contra resolução que condena embargo a Cuba na ONU.

O Brasil votou contra uma resolução da Organização das Nações Unidas (ONU) que condena e pede o fim do embargo dos Estados Unidos ao regime comunista de Cuba.

O posicionamento brasileiro altera uma posição diplomática adotada desde 1992, quando se votou pela primeira vez pela condenação ao embargo.

A decisão está longe de ser surpreendente. O presidente da República, Jair Bolsonaro, é um crítico ferrenho do regime comunista cubano.

A mudança da posição brasileira também segue o princípio de alinhamento do governo Bolsonaro com o do presidente dos EUA, Donald Trump.

A resolução condenando o embargo é apresenta pela Assembleia-Geral da ONU desde 1992.

No ano passado, ela foi aprovada por 189 países, com votos contrários apenas dos EUA e de Israel, e sem os votos de Moldávia e Ucrânia, informa o portal G1.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!