Português   English   Español
Português   English   Español

Brasil muda posição histórica ao votar contra Cuba na ONU

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Brasil muda posição histórica ao votar contra Cuba na ONU

Brasil muda posição histórica e vota contra resolução que condena embargo a Cuba na ONU.

O Brasil votou contra uma resolução da Organização das Nações Unidas (ONU) que condena e pede o fim do embargo dos Estados Unidos ao regime comunista de Cuba.

O posicionamento brasileiro altera uma posição diplomática adotada desde 1992, quando se votou pela primeira vez pela condenação ao embargo.

A decisão está longe de ser surpreendente. O presidente da República, Jair Bolsonaro, é um crítico ferrenho do regime comunista cubano.

A mudança da posição brasileira também segue o princípio de alinhamento do governo Bolsonaro com o do presidente dos EUA, Donald Trump.

A resolução condenando o embargo é apresenta pela Assembleia-Geral da ONU desde 1992.

No ano passado, ela foi aprovada por 189 países, com votos contrários apenas dos EUA e de Israel, e sem os votos de Moldávia e Ucrânia, informa o portal G1.

Compartilhe_

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email: