Português   English   Español
Português   English   Español

Brasil não depende de aval da Argentina para acordo Mercosul-UE

Brasil não depende de aval da Argentina para acordo Mercosul-UE
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Um acordo feito na última reunião de chefes de Estado do Mercosul fez com que o Brasil não precise de aval da Argentina.

Um acordo firmado no mês de julho pelos membros do Mercosul permite que o Brasil não dependa da Argentina para colocar em vigor o tratado de livre-comércio acertado com a União Europeia.

A proposta do governo Mauricio Macri permite que, após a assinatura formal do acordo e o aval do Parlamento Europeu, as novas regras tarifárias passem a valer para o país que obtiver aprovação do texto pelo seu Congresso.

Até a decisão tomada na última reunião de chefes de Estado do Mercosul, um acordo comercial negociado pelo bloco econômico só poderia vigorar depois de o texto ter passado pelas casas legislativas de Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, informa o Diário de Pernambuco.

A medida tornou-se um “seguro” para o Brasil diante das chances cada vez maiores de vitória da chapa da oposição, formada pelos esquerdistas Alberto Fernández e a ex-presidente Cristina Kirchner.

Na última segunda-feira (11), o presidente da República, Jair Bolsonaro, disse que Fernández já deu “sinais” de que pode rever a participação da Argentina no Mercosul e que a relação entre os países deve ser “conflituosa” se ele for eleito.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!