Brasil não descarta transferência de embaixada para Jerusalém

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O governo Jair Bolsonaro não descartou a ideia de transferir a embaixada brasileira em Israel de Tel Aviv para Jerusalém.

A transferência da embaixada é uma promessa de campanha do presidente da República, Jair Bolsonaro.

No entanto, apesar da clara intenção de reforçar a aliança com Israel, Bolsonaro sinalizou esta semana a possibilidade de abrir um escritório de negócios em Jerusalém, em vez da levar toda a representação diplomática para a cidade.

O porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio Rêgo Barros, disse, nesta sexta-feira (29), que todas as alternativas estão em estudo.

Segundo a agência EBC, Rêgo Barros afirmou:

“Naturalmente, a partir desses estudos, nós iremos verificar qual é a melhor linha de ação. Pode, a partir dessas linhas de ação, sequer ser colocado um escritório [de negócios] ou até a própria instalação da embaixada naquela cidade.”

Neste sábado (30), Bolsonaro e uma comitiva de quatro ministros, além de parlamentares, embarcam para Israel para uma visita oficial três dias.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.