Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Brasil não pode aceitar a pecha de vilão da Amazônia, diz Heleno

Heleno fala em 'movimento mundial' contra crescimento do Brasil
COMPARTILHE

“A gente não pode aceitar essa pecha de vilões”, enfatizou Heleno sobre a Amazônia.

O Conselho Nacional da Amazônia Legal iniciou, nesta segunda-feira (11), um conjunto de operações contra atividades ilegais em áreas protegidas a partir do Pará

Em entrevista coletiva, autoridades do governo Jair Bolsonaro voltaram a rechaçar o rótulo de “vilões do meio ambiente” que países, ONGs e entidades internacionais tentam aplicar ao Brasil.

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, declarou:

“É cara a manutenção da Amazônia, é difícil, tudo é longe, tudo complicado. Precisamos ter muita disposição para mudar essa visão que muitas vezes o mundo forja da Amazônia, para nos colocar como vilões. A gente não pode aceitar essa pecha de vilões. Se eles estivessem aqui, talvez não conseguiriam fazer isso.”

Heleno também reconheceu que são tímidos os esforços do governo para fiscalizar a Amazônia por conta da complexidade das ações necessárias. 

Heleno explicou:

“Quando se fala em 12 aeronaves, para patrulhar o Rio de Janeiro é maravilhoso. Na Amazônia é muito pouco. Doze aeronaves na Amazônia é uma coisinha de nada.”

As operações “Verde Brasil 2”, iniciadas ontem, vão empregar 3,8 mil homens, 110 viaturas, 20 embarcações e 12 aeronaves, destaca o portal UOL.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários