Português   English   Español

Menos de 10% dos homicídios são solucionados no Brasil

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Em números absolutos, não há país no mundo com mais homicídios do que o Brasil.

Segundo o último Atlas da Violência, divulgado em junho, o número chegou a 62.517 pessoas que tiveram suas vidas tiradas em 2016.

Somado à tragédia das mortes propriamente ditas, um outro dado alarmante ajuda a entender como nossa violência não só permanece alta como segue aumentando em muitos estados: a baixíssima taxa de resolução de homicídios por parte das polícias no país, hoje estimada em torno de 5% a 8% nacionalmente, favorece a perpetuação do ciclo criminalidade.

Isso significa que, de cada cem homicídios no país, no máximo oito são apurados até o final, com uma definição do autor e das circunstâncias do crime.

A própria porcentagem, no entanto, é uma estimativa: a tendência é que esses números sejam ainda menores. Quem chegou a 8% no início da década foi o sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz, coordenador do Mapa da Violência, outra importante publicação sobre segurança pública no Brasil.

 

Adaptado da fonte Gazeta do Povo

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações