- PUBLICIDADE -

Brasil negocia até quatro submarinos com Argentina

Brasil negocia até quatro submarinos com Argentina

- PUBLICIDADE -

A visita de Bolsonaro ao vizinho sul-americano resultou no fortalecimento da relações diplomáticas e em um acordo assinado na área militar.

O governo do presidente Jair Bolsonaro estuda a venda para a Argentina de até quatro submarinos alemães IKL-209, usados e operados pela Marinha do Brasil há 30 anos.

Todos os submarinos precisam de reparos e modernização. A inciativa brasileira seria uma forma de compensar rapidamente e a baixo custo a perda do Ara San Juan, em 2017, em que morreram 44 tripulantes.

A operação é citada no acordo bilateral da área de Defesa, assinado pelos ministros Oscar Aguad e Fernando Azevedo e Silva durante a visita do presidente Bolsonaro a Buenos Aires.

São mencionados também “a reparação, manutenção e construção” de versões convencionais, de propulsão diesel-elétrica, do mesmo tipo de navios, informa o jornal Estadão.

Os militares brasileiros defendem a definição de um valor unitário para os submarinos, na faixa média entre US$ 40 milhões e US$ 50 milhões, e o estabelecimento de protocolos de compensação.

Os quatro submarinos Tupy deslocam 1.440 toneladas e medem 61 metros. Levam 36 tripulantes. São armados com torpedos de 533 milímetros e têm autonomia de 15 mil quilômetros.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -