Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Brasil notifica Zoom sobre possível vazamento de dados de usuários

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Brasil notifica Zoom sobre possível vazamento de dados de usuários
Imagem: Reprodução/Forbes
COMPARTILHE

Zoom viu seu número de usuários diários no mundo se multiplicar em meio à pandemia do novo coronavírus.

O Ministério da Justiça do governo Jair Bolsonaro notificou, nesta quarta-feira (8), o aplicativo de videoconferência chamado Zoom.​

A empresa agora terá 10 dias para prestar os esclarecimentos necessários ao Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, órgão vinculado ao ministério.

A decisão da pasta do ministro Sergio Moro acontece após suspeitas de vazamento de dados por parte do Zoom. A Anvisa chegou a bloquear o uso do aplicativo Zoom entre funcionários, como noticiou a RENOVA.

O Ministério informou que, caso o Zoom não responda aos questionamentos no prazo ou haja mais indícios de violação de direitos dos consumidores, poderá ser instaurado um processo administrativo, e ainda ser aplicada multa, destaca o jornal Folha.

A pasta do ministro Moro também questionou ao aplicativo sobre sua política de privacidade e se há o consentimento dos usuários para o compartilhamento de dados.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM