- PUBLICIDADE -

Brasil pede ao mundo para ouvir ‘grito por liberdade’ de venezuelanos

Brasil pede ao mundo para ouvir 'grito por liberdade' de venezuelanos
- PUBLICIDADE -

“Não podemos deixar de ouvir um grito que pede liberdade. Esse grito vem da Venezuela, vem do povo venezuelano”, afirmou o chanceler Araújo.

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, discursou, nesta sexta-feira (26), na abertura da reunião dos chanceleres dos BRICS — grupo composto por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Araújo conclamou os demais países do grupo a adotarem medidas conjuntas contra a ditadura de Nicolás Maduro, na Venezuela.

Segundo ele, o Brasil vem ouvindo um “grito pela liberdade” que vem do povo venezuelano e apregoou que o mundo também deve ouvi-lo.

No encontro, que está sendo realizado na região central do Rio de Janeiro, o chanceler brasileiro destacou que o Brasil tem feito um esforço para construir na América do Sul uma região “democrática, com economias abertas e oportunidades para todos”:

“E nesse processo de construção não podemos deixar de ouvir um grito que pede liberdade. Esse grito vem da Venezuela, vem do povo venezuelano. O Brasil tem escutado esse grito. E faço um apelo a todos os senhores para que também escutem.”

E, segundo o site UOL, acrescentou:

“Temos de um lado na Venezuela um governo constitucionalmente constituído e, do outro lado, um regime que se sustenta exclusivamente pela força.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -