Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Brasil pode avançar projeto para reativar ferrovias abandonadas

Imagem: Ueslei Marcelino/Reuters
COMPARTILHE

Atualmente, não há política ou regra específica no Brasil para recuperação destas ferrovias.

Em discussão desde 2018, o novo marco legal para ferrovias pode ser votado pelo Senado Federal nesta semana. 

Um dos destaques do projeto é relativo a ferrovias abandonadas ou subutilizadas.  

O texto autoriza o governo a promover um chamamento público para saber se há algum investidor interessado em obter autorização para explorar trechos ferroviários ociosos por mais de três anos.  

A estimativa da Associação Nacional dos Usuários do Transporte de Carga (Anut) é de que existam 18 mil quilômetros de trechos abandonados ou subutilizados no Brasil.  

Este formato deve despertar interesse porque a parte mais cara da fase inicial da ferrovia, que envolve o direito de passagem, já está realizada. 

Atualmente, não há política ou regra específica para recuperação de trechos abandonados ou subutilizados. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
2 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
CID M M
CID M M
1 mês atrás

GRANDE MINISTRO DO TRANSPORTE TARCISIO, GOSTARIA QUE OLHASSE PARA O INTERIOR DE SÃO PAULO MAIS PRECISAMENTE EM PRESIDENTE EPITACIO, ONDE TEM UM GRANDE RIO PARANA, E EM EPITACIO TEM UM BELO CAIS(NUNCA UTILIZADO) INTERLIGADO COM A FERROVIA TOTALMENTE ABANDONADOS, E COM GRANDE SILOS(DEPOSITO PARA GRÃOS) MUITO BEM CONSTRUIDO E TOTALMENTE ABANDONADO, EXISTINDO MALHA FERROVIÁRIA TOTALMENTE ABANDO LIGANDO EPITACIO A SÃO PAULO, POR FAVOR REATIVAR, POIS, IRIA GERAR MUITO EMPREGOS E PROGRESSO PARA NOSSA REGIÃO, OBRIGADO, E CONTINUE SENDO O MELHOR MINISTRO DO GOVERNO BOLSANARO.

Pedro Rocha
Pedro Rocha
1 mês atrás

Essas ferrovias estão abandonadas não é sem motivo.

A grande maioria delas foram projetadas no século XIX ou na primeira metade do século XX, visando integração territorial. Nesse caso, elas tinham por função interligar cidades mediante transporte de passageiros e cargas.

Hoje em dia a natureza das ferrovias fora das grandes metrópoles é outra, com função predominantemente de transporte de cargas. Nesse caso, essas ferrovias se mostram obsoletas por conta dos riscos das passagens em áreas urbanas, além da bitola métrica que é mais estreita que as usadas pelos trens de grande capacidade.

Para piorar, além de ter que refazer boa parte dessas ferrovias seria necessário também refazer algumas pontes, deixando esse empreendimento ainda mais caro!

Se for para gastar dinheiro, é melhor refazer ferrovias desde o começo, como o projeto da Ferrovia Translitorânea que descartará a ferrovia atualmente existente que liga ES e RJ.

PUBLICIDADE