Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Brasil precisa concluir regras do leilão da 5G, diz Ericsson

Vivo ativará 5G em 8 cidades do Brasil a partir de 24 de julho
COMPARTILHE

“Temos de concluir a questão das regras do leilão”, diz presidente da Ericsson.

Eduardo Ricotta, presidente da Ericsson no Brasil, demonstrou preocupação com um possível atraso do leilão do 5G no país. 

“Temos de concluir a questão das regras do leilão. Isso é fundamental para sabermos como vai funcionar cobertura, obrigações, etc”, disse Ricotta em entrevista ao jornal Folha.

Ricotta alertou que se o leilão ficar para 2022, a situação do país em inovação pode se complicar:

“Temos que saber se vai ser arrecadatório ou de infraestrutura. O leilão com viés de infraestrutura ajuda a população porque possibilita uma cobertura melhor. Precisamos de um plano do 5G no Brasil, com aspectos como a inovação, a disponibilidade de espectro, a cadeia de impostos. Hoje, em telecom, a carga tributária é comparável a tabaco, bebida e joia.”

O executivo da Ericsson acrescentou:

“Temos de ter confiança tecnológica, porque são redes críticas. Isso pode parar um sistema de transporte e energia. Tem de ter confiança que não vai ter ciberataque e que vai ter proteção de dados. No 4G, uma gama de serviços foi criada. Acredito que no 5G vai ter inovação com diversos setores da economia. São esses os pontos que temos que olhar.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE