Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Brasil quer expansão de energia renovável na Amazônia

Governo busca linhas de financiamento internacionais, como o Green Climate Fund (GCF).

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Número de queimadas na Amazônia em outubro é o menor da história
COMPARTILHE

O Ministério do Meio Ambiente e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) assinaram um acordo, nesta terça-feira (15), com o objetivo de permitir a captação de recursos para financiar o programa “Mais Luz para a Amazônia”.

O objetivo do governo Jair Bolsonaro é levar energia renovável, especialmente de fonte solar, a 82 mil famílias em áreas remotas da Amazônia

A estimativa é que o programa beneficie mais de 350 mil pessoas, com um custo total orçado em mais de R$ 3 bilhões.

As verbas serão utilizadas em duas frentes.

A primeira envolve o apoio às distribuidoras de energia elétrica para a expansão da oferta de luz na região. 

A segunda está vinculada ao auxílio a comunidades na Amazônia para desenvolvimento de iniciativas de atividades produtivas sustentáveis.

Entre os propósitos da parceria está a facilitação dos investimentos, reduzindo obstáculos para que agentes externos possam participar contribuindo no aporte de verbas que auxiliem o custeio das ações previstas para a iniciativa, destaca a Agência Brasil.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.